Confeccionando a sua roupa de Dança do Ventre  (A Dança do ventre) escrito em quarta 30 setembro 2009 14:15

bordar, cinturão, confeccionando roupa, dança do ventre, saias, véus

Olá lindezas do meu coração!!!

Já falamos um pouco sobre a dança, seus estilos e benefícios. Lógico que não para por aí, ainda tem muita coisa a saber e conhecer sobre a Dança do Ventre e aos poucos vou postando pra vocês.

Mas hoje em especial, quero falar sobre a nossa primeira roupa. Que alegria quando conseguimos terminar uma coisa com a qual tanto sonhamos não é mesmo? Medir, desenhar, cortar, costurar, bordar, provar e.... "Arê Baba!!!" (já estou com saudades da novela Caminho das Índias...) que delícia! Nossa primeira roupa acaba de sair do forno!!! Prontinha só para nosso deleite!

Todo mundo sabe como é caro essas roupas e como nem todo mundo tem $$ sobrando pra comprar sempre roupas de Atelier Tony e Roby, Simone Galassi entre outros.... bordar a própria roupa acaba sendo uma ótima saída.

Bem, vamos lá então... vasculhei a net toda e procurei reunir tudo o que encontrei de interessante e útil para nós. Afinal de contas, confeccionar a nossa própria roupa, do jeitinho que a gente quer é a melhor coisa do mundo, dá um trabalhão mas no fim, sempre valerá a pena. Pode acreditar!

Em primeiro lugar é bom ter uma noção de bordado e corte e costura. Fiz um post com dicas de como fazer uma flor de canutilho e miçangas, por sinal linda a flor. Veja aqui.

Para os seus primeiros projetos, procure tecidos mais em conta. Faça testes, moldes e se tudo der certo, aí sim, invista em tecidos bons.

Tenha em mãos o básico:

• Tesouras (uma grande – para cortar tecido e uma pequena – para cortar outros materiais);

• Agulhas (das comuns para costurar à mão);

• Lantejoulas (das cores e tamanhos de sua preferência);

• Canutilhos, miçangas ou vidrilhos (de preferência que combinem com as lantejoulas);

• Fio dental (eu particularmente prefiro linha de pipa);

• Fita métrica;

• Linhas (das cores dos tecidos e lantejoulas);

• Tecidos (variando sua textura de acordo com a peça a ser feita);

Algumas coisas a aprender antes de começar. (As fotos a seguir são de uma apostila em japonês, mas vou postá-las aqui porque achei bem interessante e auto-explicativa)

Como prender lantejoulas (ou paetês):

Prenda lantejoula com miçanga: primeiro, passe a linha pela agulha e dê um nó. Agora, pela parte de trás do tecido, passe a agulha para que ela saia do lado que você quer bordar. Ponha uma lantejoula na agulha. Ponha uma miçanga na agulha. Agora volte a agulha passando no buraco da lantejoula e saindo atrás do tecido, onde ficou o nó da linha. Dê um espaço de meia lantejoula e volte a agulha para a frente do tecido, onde está a lantejoula presa. Agora repita a operação, passe a lantejoula, a miçanga e volte passando pelo buraco da lantejoula. Faça isso até acabar a linha ou o tecido, então, na parte de trás do tecido, dê um nó na linha, costurando-o ao tecido para que fique bem firme.

Prenda só lantejoulas: dê um nó na linha e passe-a pela agulha. Enfie a agulha na parte de trás do tecido para que ela saia do lado que você quer bordar. Agora ponha uma lantejoula na agulha e enfie-a no pano passando ao lado da lantejoula. Volte a agulha praticamente pelo mesmo lugar. Coloque outra lantejoula e enfie de novo a agulha no pano, passando pelo lado da lantejoula. Faça isso repetidamente até formar uma fileira do tamanho que desejar. Então, do lado de trás do tecido de um nó na linha, costurando-o ao tecido para que fique bem firme.

Prenda lantejoula com mais de uma miçanga: dê um nó na linha e passe-a pela agulha. Pelo lado de trás do pano, enfie a agulha, para que ela saia do lado que você quer bordar. Coloque uma lantejoula e duas ou três miçangas. Agora posicione outra lantejoula do lado desta com as miçangas. Volte a agulha, enfiando-a no tecido e passando-a pelo buraco da lantejoula. Dê um espaço de meia lantejoula e volte a agulha para o lado bordado. Enfie outra lantejoula com o mesmo número de miçangas que você usou antes. Posiciona outra lantejoula do lado desta e volte a agulha passando-a pelo buraco desta lantejoula. Dê o espaço de meia lantejoula e volte a agulha para o lado bordado e repita a operação até formar uma fileira do tamanho que você desejar. Termine dando um nó na linha do lado de trás do pano. Se você quiser, pode substituir essas miçangas por um canutilho ou vidrilhos.

Como fazer franjas:

Franja comum: corte um pedaço de fio dental ou linha de pipa e dê um nó em uma das pontas. Pela outra passe uma agulha bem fina (que passe dentro de um canutilho). Pela parte de trás do tecido enfie a agulha para que ela saia do lado que você quer bordar. Agora monte a franja como desejar, você pode fazê-la toda de canutilhos, vidrilhos ou miçangas ou também pode combiná-los, fica a seu critério. Depois que você colocou o último canutilho (por exemplo), coloque uma miçanga e volte a agulha e passe por esse último canutilho, você vai ver que a miçanga vai formar a ponta da franja. Agora, passe a agulha pelos outros canutilhos (por exemplo) até chegar ao tecido. Então passe a agulha pelo tecido para que ela saia do lado de trás. Volte a agulha bem do lado de onde ela saiu e repita todo o processo. Quando acabar a última franja, com a agulha do lado de trás de tecido dê um nó no fio dental costurando-o bem firme ao tecido.

Franja de voltinhas: Faça o mesmo que você fez para a franja comum, só que não coloque aquela miçanga depois do canutilho, ao invés disso coloque mais canutilhos para formar uma espécie de cordão. Então, enfie a agulha no tecido bem do lado de onde ela saiu. O resto é igual à franja comum.

Observação: todas as franjas são variações destas, podendo ser bem compridas, ou curtinhas. Também podem ser feitas formando um V na frente de sutiãs e cinturões. As franjas feitas com vidrilhos são as mais trabalhosas, mas são as mais brilhantes e vistosas também.

Sugestões para sutiãs: Primeiro de tudo, escolha um sutiã de tecido, os de renda não servem para bordar. Comece bordando as laterais e o fecho do sutiã (este deve ser um pouco maior do que o que você usa, pois ao prender as lantejoulas ele perde um pouco da sua elasticidade), você pode prender só lantejoulas ou combiná-las com miçangas, vidrilhos ou canutilhos. Você também pode combinar cores diferentes de lantejoulas.

Importante: prenda primeiro as lantejoulas nos elásticos do sutiã e depois no tecido.

Para bordar o bojo do sutiã, é bom começar por cima. Faça as fileiras acompanhando toda a circunferência do bojo, até chegar em baixo. Capriche nos desenhos ou combinações nessa parte, pois é aí que está toda a beleza do sutiã. Para as alças, coloque duas lantejoulas lado a lado (na horizontal) e prenda-as passando um canutilho ou miçangas entre elas. As franjas podem ser feitas tanto na borda inferior do sutiã como na metade dos bojos ou nos dois.

Variação: você pode cortar o tecido do sutiã nas laterais deixando apenas os elásticos para você bordar. Mas cuidado para não cortar demais de modo que depois você fique preocupada se alguma coisa vai aparecer.

Sugestões para cinturões: Pedir emprestado um cinturão e tirar o modelo pode ser um começo, mas use de sua criatividade e desenhe o seu próprio cinturão, corte-o no papel e faça os ajustes no seu corpo, só assim passe para o tecido. Escolha um tecido bem firme e resistente e de preferência de cor aproximada à que você for bordar por cima, tecido tem que dar para duas camadas do cinturão. Prenda o molde sobre o tecido dobrado com alfinetes. Corte o tecido deixando um pouquinho mais de tecido para costurar (dê um espaço de um dedo entre a borda do molde e o tecido). Agora você vai precisar da ajuda de uma máquina de costura. Costure as duas camadas (uma na outra) pelo lado avesso deixando um pedaço sem costura para que você possa virar o cinturão do lado direito. Vire para o lado direito passando-o pelo buraco sem costura. Agora que ele está do lado correto, feche o buraco costurando-o. Agora prenda as lantejoulas do mesmo modo que você prendeu no sutiã para formar um conjunto. Comece pelas laterais também, faça desenhos com miçangas, combine lantejoulas, use sua imaginação! Na parte da frente, capriche mesmo. Mas cuidado para não se distanciar muito do que você fez no seu sutiã. E por último, faça as franjas em toda a borda do cinturão. Você pode fazê-las mais curta nas laterais, e em V na parte da frente.

Sugestão: você também pode usar botões com strass para enfeitar seu conjunto, ou algumas outras coisas prontas que vendem nos melhores armarinhos, como flores de lantejoulas, por exemplo.

Sugestões para véus: É importante só bordar as laterais do véu e se ele tiver as bordas inferiores arredondadas, borde tudo exceto a parte superior. Você pode só colocar uma fileira de lantejoulas com miçangas ou fazer franjinhas de voltinhas de miçangas com uma pastilha no meio da franjinha (pastilha é aquela lantejoula lisa com um furinho em cima ao invés de no meio). O importante é que o bordado não pode deixar o véu pesado.

Véu de Melea Laf: deve ser preto e não pode ser transparente, por isso uma forma bonita de bordá-lo é pregando lantejoulas por ele todo dessa forma: pelo lado que vai ficar por dentro, enfie a agulha com linha preta. Do outro lado coloque uma lantejoula e uma miçanga e volte a agulha passando pelo meio da lantejoula, do outro lado do tecido dê um nó e corte a linha. Um pouco afastada desta coloque outra, e assim sucessivamente até o véu ficar cheio de pontos brilhantes. IMPORTANTE: o tamanho do véu deve ser a medida dos seus braços abertos mais três dedos de cada lado e do nariz até o meio da “canela”. O véu de Melea é um pouco maior que este comum de modo que você possa se enrolar nele.

Bem, por enquanto é isso, postarei mais coisas futuramente. Um grande beijo! Não esqueçam de comentar!!

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.243.14.193) para se identificar     

Nenhum comentário
Confeccionando a sua roupa de Dança do Ventre


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para atelierlucianadalarmi

Precisa estar conectado para adicionar atelierlucianadalarmi para os seus amigos

 
Criar um blog